Deram frutos a fé e a firmeza no esplendor de um cântico novo: os Açores são a nossa certeza de traçar a glória de um povo.

Assim escreveu a poetisa Natália Correia na letra do Hino dos Açores, desenhando em palavras o desígnio que anualmente se comemora na Segunda-Feira do Espírito Santo, alicerçando o Dia da Região Autónoma dos Açores na principal festividade do Povo Açoriano.

A data, observada em toda a Região como feriado regional, celebra a "afirmação da identidade dos Açorianos, da sua filosofia de vida e da sua unidade regional", consideradas "base e justificação da autonomia política que lhes foi reconhecida e que orgulhosamente exercitam".

O Dia da Região Autónoma dos Açores foi instituído pelo Parlamento açoriano em 1980 (Decreto Regional n.º 13/80/A, de 21 de Agosto) para comemorar a Açorianidade e a Autonomia. É a maior celebração cívica dos Açores.

Este ano, o Dia da Região Autónoma dos Açores celebra-se a 5 de junho, com as comemorações oficiais a decorrerem na Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, na cidade da Horta, com a presença de Sua Excelência o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Numa iniciativa conjunta do Governo dos Açores e da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, a Sessão Solene do Dia dos Açores ficará, também, assinalada pela imposição de 30 Insígnias Honoríficas.

 

 

Discurso de Sua Excelência a Presidente da Republica

 

Discurso de Sua Excelência a Presidente da ALRAA

 

Discurso de Sua Excelência o Presidente do GRA

 

Cerimónia de entrega de Insígnias aos Homenageados

 

Registo fotográfico

Diplomas

 

Notas de Imprensa da Presidência da ALRAA

 

Outros Anos | 2006 | 2007 | 2008 | 2009 | 2010 | 2011 | 2012 | 2013 | 2014 | 2015 | 2016 | 2017