Parlamento dos Jovens, Sessão Regional - 20 e 21 de fevereiro de 2017

 

Ana Luís exorta os jovens ao exercício de uma cidadania ativa

“O Parlamento dos Jovens permite encurtar a distância entre os jovens e a política, estimular o exercício de uma cidadania ativa, da reflexão, da preparação do debate, no estrito cumprimento do respeito democrático e institucional”, disse Ana Luísa Luís na sessão de abertura da Sessão Regional do Parlamento dos Jovens do Ensino Secundário, que durante o dia de hoje reúne jovens “parlamentares”, na sede da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, que debaterão o tema “A Constituição que temos, a Constituição que queremos: desafios ao poder local”.

 

 

Estes setenta e um jovens que hoje vivem a experiência parlamentar puderam, na primeira pessoa, compreender que o trabalho legislativo não se esgota na sessão plenária. Pelo contrário, o trabalho de reflexão e debate que acontece no plenário é o resultado de um processo muito mais vasto, desenvolvido individual e coletivamente, e que só é possível porque a Constituição da República Portuguesa, de 1976, consagra os princípios fundamentais de um Estado democrático, a autonomia regional e o poder local.

 

 

“Vocês hoje representam a nossa esperança no amanhã. Desejo, por isso, que esta vossa experiência, do exercício democrático, vos enriqueça e dê asas aos vossos sonhos. Acredito, que nesses sonhos está o progresso da nossa terra. Acredito, que nesses sonhos está uma sociedade mais justa e tolerante” – concluiu Ana Luísa Luís, felicitando os professores e os alunos pelo seu desempenho.

Horta, 21 de fevereiro de 2017

 


 

 

Eleitos os representantes do Círculo dos Açores para a Sessão Nacional do Parlamento dos Jovens do Ensino Secundário

“A Constituição que temos, a Constituição que queremos: desafios ao poder local”, foi o tema em debate na Sessão Regional do Parlamento dos Jovens do Secundário, que decorreu ao longo do dia de hoje, na sede da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores.

O projeto base apresentado pela Escola Secundária Vitorino Nemésio foi o escolhido pela maioria dos jovens deputados, o qual, depois de sujeito a apreciação e debate em sede de Comissão, foi votado na especialidade, resultando no documento final que será apresentado pelo círculo dos Açores na Sessão Nacional, a decorrer na Assembleia da República, nos próximos dias 8 e 9 de maio.

 

 

As escolas eleitas, que irão representar a Região Autónoma dos Açores na referida Sessão Nacional, foram a Escola Secundária Vitorino Nemésio (Terceira), Escola Secundária Jerónimo Emiliano de Andrade (Terceira), Escola Básica e Secundária Tomás de Borba (Terceira) e Escola Básica e Secundária de Vila Franca do Campo (São Miguel).

O porta-voz eleito foi o aluno José Parreira, da Escola Secundária Jerónimo Emiliano de Andrade (Terceira), e o tema que o Círculo dos Açores propõe para a próxima edição do Parlamento dos Jovens é: “Corrupção em Portugal”, sob proposta da Escola Básica e Secundária da Graciosa.

Todas as medidas apresentadas pelos jovens deputados do Ensino Secundário podem ser consultadas no sítio da Assembleia Legislativa www.alra.pt.

Ontem à noite, decorreu, também na sede do Parlamento Açoriano, o Concurso Euroscola, este ano subordinado ao tema “Reiventando a Europa” e que contou com a participação de sete escolas. O projeto da Escola Secundária Manuel de Arriaga foi o eleito para representar os Açores na Sessão Nacional.

Horta, 21 de fevereiro de 2017

 


 

 

Ana Luís desafia os jovens a refletir e a contribuir para uma sociedade mais justa e equilibrada

“Esta Constituição é, acima de tudo, fruto da liberdade, provando que a união de um povo pode, de facto, fazer a diferença” - afirmou hoje a Presidente da Assembleia na Sessão Regional do Parlamento dos Jovens do Ensino Básico. “A minha mensagem para vós é que, com a vossa singular visão dotada, na maioria das vezes, de elevada expectativa e “sonhos”, apresentem medidas que gostariam de ver plasmadas na nossa Constituição e que, também por essa via, deem o vosso contributo para que a nossa sociedade seja cada vez mais justa e equilibrada, mais participada e coesa, mais tolerante e solidária”.

Ana Luísa Luís abria assim o tema de debate da edição deste ano do Parlamento dos Jovens do Ensino Básico “Os jovens e a Constituição: tens uma palavra a dizer!”, lembrando que para além dos princípios fundamentais que garantem uma efetiva democracia, o documento consagra, também, os direitos fundamentais dos portugueses e, tratando-se de um documento que influencia o destino da sociedade, tem de ser capaz de se atualizar e de se adequar às novas realidades.

 

 

A Presidente do Parlamento açoriano convidou, ainda, os jovens a reconhecer e a valorizar a verdadeira dimensão da palavra liberdade: “É por isto, e muito mais, que não podemos esquecer o 25 de abril, a Revolução dos Cravos, como vocês aprenderam na escola. É por todos aqueles que lutaram para que hoje, vocês pudessem estar no nosso Parlamento, para que hoje vivamos numa Região que é autónoma, que se autogoverna, que vocês têm uma responsabilidade ainda maior. Serão vocês os porta-vozes e a garantia que daqui a 40 anos continuaremos a viver em liberdade!”.

Horta, 20 de fevereiro de 2017

 


 

Eleitos os representantes do Círculo dos Açores para a Sessão Nacional do Parlamento dos Jovens do Ensino Básico


Durante o dia de hoje decorreu na sede da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores a Sessão Regional do Parlamento dos Jovens do Ensino Básico, no qual os jovens “deputados” debateram e apresentaram medidas relativas ao tema “Os jovens e a Constituição: tens uma palavra a dizer!”.

Das medidas apresentadas pelas Escolas participantes, a que mereceu a maioria dos votos a favor foi a da Escola Básica e Secundária das Lajes do Pico. Este projeto base foi, posteriormente, alvo de alterações e de aditamentos em Comissões, cuja redação final será a proposta a ser apresentada pelo círculo dos Açores na Sessão Nacional, a decorrer na Assembleia da República, no próximo mês de maio.

 

 

Nesta sessão foram também eleitos os representantes da Região Autónoma dos Açores na Sessão Nacional, das Escolas da Ribeira Grande (São Miguel), Manuel de Arriaga (Faial) Bento Rodrigues (Santa Maria) e Vitorino Nemésio (Terceira). O porta-voz eleito foi o aluno Guilherme Silva da Escola Secundária da Ribeira Grande (São Miguel).

“Alterações Climáticas” foi o tema vencedor nos Açores para a próxima edição do Parlamento dos Jovens, sob proposta da Escola Básica Integrada da Vila de São Sebastião (Terceira) e que será sujeito a apreciação a nível nacional.

Todas as medidas apresentadas pelos “parlamentares” do Ensino Básico podem ser consultadas no sítio da Assembleia Legislativa www.alra.pt.

Horta, 20 de fevereiro de 2017

 


 

 

Vídeos e fotos da Sessão Regional

 

 

 

 


Outros anos: 2015/2016 - 2014/2005 - 2013/2014 - 2012/2013 - 2012 - 2011 - 2010 - 2009 - 2008 - 2007 - 2005 - 2004 - 2003 - 2000 - 1996